Escute o conteudo

quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

Tecnologia e educação


As novas tecnologias têm se mostrado cada vez mais presentes no espaço escolar e na educação básica. Como lidar, então, com essas novas tecnologias em um espaço que, muitas vezes, é tão tradicional e, ao mesmo tempo, aumentar o potencial de aprendizagem dos estudantes? É importante entender como as novas tecnologias podem auxiliar professores e estudantes no processo de aprendizagem.

As diferentes ferramentas tecnológicas em sala de aula
Televisores, projetores multimídia e notebooks: esses três elementos tem se tornado, ao longo dos anos, cada vez mais presentes nas salas de aula pelo Brasil. Em algumas escolas municipais do Rio de Janeiro, por exemplo, eles já fazem parte da sala de aula, onde cada uma conta com seu próprio projetor e notebook. No entanto, essas ferramentas, sozinhas, são o suficiente para usar a tecnologia de forma efetiva em sala de aula? Usar esse material apenas para exibir um trecho de texto de um livro ou apostila que as crianças e adolescentes já possuem em versão impressa ou só filmes e trechos de vídeos não é o suficiente. Esses materiais podem (e devem) ser usados de diferentes formas, aumentando as possibilidades de recursos para aprendizagem dos estudantes.

Competir com celulares e tablets quando se dá aula para adolescentes, por exemplo, é cada vez mais difícil. Assim como acontece com os televisores, notebooks e projetores multimídia, esses aparelhos estão cada vez mais presentes em sala de aula. O importante é não torná-los inimigos, mas aliados nesse processo, acrescentando a utilização dessas ferramentas no momento do planejamento, para que a sala de aula não se transforme em palco de guerra ou em algo enfadonho, que faça com que o estudante prefira estar no celular ao invés de prestar atenção na aula. Os professores não são mais os detentores do conhecimento, as informações estão por toda parte e em grande quantidade na internet. Cabe à escola ensinar seus estudantes a navegar nesse mar de conteúdos e definir o que pode ser mais plausível e confiável do que outros, fazendo com que esse aluno se desenvolva como investigador, com senso crítico.

Algumas ferramentas tecnológicas que podem ser usadas em sala de aula

Criação de um ambiente virtual de aprendizagem (AVA)

Em um AVA é possível compartilhar diversos materiais como textos, vídeos, questionários, fóruns, etc., possibilitando o diálogo entre todos os participantes e o tutor. O AVA é um espaço virtual, online, que pode ser criado em diversas plataformas, caso da Moodle, por exemplo, muito utilizada em cursos ministrados na modalidade EAD (ensino à distância).

Ferramentas do Google

O Google oferece uma série de ferramentas que podem ser utilizadas de diferentes formas pelos profissionais de educação em sala de aula, como o Google Classroom e o Google for Education.

O Google Classroom é uma ferramenta que lembra o Moodle, mas mais limitada que este. No Classroom é possível adicionar os estudantes a uma turma criada, interagir com eles pelo mural da plataforma, inserir documentos de diferentes formatos, links e criar questionários. Já o Google for Education se divide em três principais ferramentas: Google Apps for Education, que apresenta diversos recursos para uso em sala de aula, como planilhas, formulários e arquivos de textos; Google Play for Education, onde é possível baixar recursos para o tablete ou celular específicos para uso em sala e o Chromebook for Education, um notebook que já vem equipado com os gadgets do Google.

O YoutubeEdu

O Youtube é uma plataforma de vídeos gratuita, com diversos canais e conteúdos que podem
ser utilizados em sala. A plataforma desenvolveu o YoutubeEdu, parte da plataforma na qual
os criadores de conteúdo educacional postam seus vídeos. As vídeo-aulas abrangem
conteúdos de diversas disciplinas, atingindo estudantes do ensino fundamental ao superior. É
possível utilizar os vídeos em sala e iniciar algum debate a partir do exposto ou observar os
youtubers de maior interesse dos alunos e utilizar algum vídeo que tenha ligação com o tema
trabalhado para iniciar algum debate ou chamar a atenção dos estudantes, gerando maior

proximidade com o conteúdo.

Outras plataformas úteis

H5P: nessa plataforma é possível criar vídeos interativos, atividades com imagem e texto em diversos formatos, jogos da memória e diversos outros tipos de jogos. Está apenas em inglês e é possível criar uma conta gratuita.

Museus virtuais: alguns museus disponibilizam um museu virtual, possibilitando a visitação online. É o caso do Museu Casa de Portinari, Museu Americano de História Natural, Museu Imperial, Museu Afro Digital Rio de Janeiro, Louvre, dentre outros. É possível, dessa forma, conhecer as peças e o acervo sem precisar viajar.

Redes sociais: apesar de serem condenadas por muitos, as redes sociais podem ser grandes aliadas no trabalho com educação. É possível criar grupos, páginas, postar fotos e vídeos relacionados ao que está sendo trabalhado e produzido durante as aulas. Criar uma página, produzir memes ou vídeos pode ser, também, uma das possibilidades de tarefa avaliativa.

Estas são sugestões de utilização de algumas das diversas ferramentas tecnológicas presentes nas vidas dos estudantes em sala de aula. O importante é entender que a tecnologia, na atualidade, deve entrar como uma parceira do trabalho dos professores e da escola e não como uma inimiga.

Referências: BACICH, Lilian; TANZI NETO, Adolfo; TREVISANI, Fernando de Mello (org.). Ensino híbrido: personalização e tecnologia na educação. Porto Alegre: Penso, 2015. Tecnologia na educação: recomendações e experiências para transformar a maneira como se ensina e se aprende a partir do uso de ferramentas digitais. <https://porvir.org/especiais/tecnologia/>

Imagem de 200 Degrees por Pixabay

Colunista da Aplitech Foundation
Cristina Gonçalves
Formada em História pela UFRJ e estudante de Pedagogia na UNIRIO. Apaixonada por educação inclusa, acredita que só a educação de todos pode mudar o mundo.


Aplitech ADM

Autor

Fique de olho nas novidades.

0 comentários:

Postar um comentário