Escute o conteudo

sexta-feira, 27 de setembro de 2019

O aluno sendo protagonista e produtor de conhecimento



Todo mundo em algum momento já teve alguma dificuldade relacionada ao estudo e ao ambiente escolar, as vezes estas dificuldades se tornam tao complexas de se resolver que acabam exaurindo e desmotivando você de alcançar seus objetivos, algumas matérias acabam por ficar tão cansativas que estudantes acabam perdendo a vontade de estudar, para eles aquela matéria fica uma coisa chata que só foi colocada ali para atrapalhar e fazê-los reprovar, essa desmotivação e exaustão acaba sendo meio que incentivada pela falta de interação e metodologias ativas dentro da sala de aula, se tornando monótono para o aluno a rotina de todo dia ele sentar ali e absorver todo o conteúdo que é passado pelo professor.

As relações entre professor e estudante sempre foram bem tradicionais, o aluno enxerga o professor como a fonte de conhecimento e ele sente que sua única função em sala de aula é absorver tudo o que é jogado em cima dele, o aluno sempre esteve em uma posição onde ele somente escuta o que o professor ensina, sendo que pesquisas apontam que uma pessoa absorve somente 20% do conteúdo quando escuta, 75% quando pratica, e 95% do conteúdo quando ela ensina outra pessoa.

Aluno adora aprender com outro aluno, o porque disso?, bom temos alguns fatores a serem considerados, como por exemplo a questão de mais afinidade, ele estar mais confortável em tirar dúvidas uns com os outros e em admitir que não estão entendendo um pedaço da matéria, pois nesta relação não existe a ideia de um que sabe ou o outro não sabe, nada disso, pelo contrário pode haver um acordo entre eles: “Você me ensina este conteúdo de química, e eu te ensino aquele de matemática”, eles se ajudam mutuamente, um ensinando o outro.

Este método de ensino beneficia tanto o aluno que ensina quanto o aluno que aprende pois estimula e incentiva muito, fazendo-o pensar “Espere um pouco, se esta pessoa que não tem nada de diferente de mim, está tao engajada em transferir conhecimento para mim será que esta matéria e tão chata quanto eu achava que era antes”, mudando o jeito que aquele aluno tem de olhar aquela matéria que agora não parece tão complicada assim.

O mais importante para o futuro da educação é colocar o aluno para ensinar outros alunos, podendo ser feito através de aulas de reforço, monitorias ou alunos voluntários que se contribuam ajudar a fazer uma enorme diferença, o mais importante é fazê-los perder a mentalidade de que ele não gosta da escola, que ele acha chato, e que nunca vai aprender aquela matéria, é importante também criar um ambiente que estimule este protagonismo o professor não sai de cena muito pelo contrário ele pode identificar quais de seus alunos tem essa vocação para transferir o conhecimento incentivando e orientando quais as fontes confiáveis para buscar conteúdos, dando ideias de como eles devem fazer para ensinar de forma eficiente e diferente, dando dicas de como os alunos podem ajudar melhor os colegas e oferecendo recursos para fazer isso .

Para fazer uma grande mudança na educação nós precisamos colocar o aluno no centro, ele é quem estuda e passa conhecimento para seus amigos, esta e uma tarefa árdua mais quem melhor para decidir o futuro da educação do que quem participa dela agora.




Colunista da Aplitech Foundation
Gabriel Rodrigues dos Reis – Graduando em Gestão da Tecnologia da Informação, Apaixonado pela Escrita, Tecnologia, Design e Harry Potter, Colunista do Aplitech Foundation, Redator da Ong Estrela Milinha, Desenvolvedor Web e Designer Gráfico

Aplitech ADM

Autor

Fique de olho nas novidades.

0 comentários:

Postar um comentário